TUBULAÇÕES DE PVCCPVC

As tubu­la­ções em UPVCCPVC, ape­sar de serem usa­das em apli­ca­ções dis­tin­tas, com­par­ti­lham carac­te­rís­ti­cas que lhes con­fe­rem sig­ni­fi­ca­ti­vas van­ta­gens.
Ambas são de fácil ins­ta­la­ção, resis­ten­tes à cor­ro­são, de bai­xo cus­to de ins­ta­la­ção e alta­men­te durá­veis. A seguir são expli­ca­das algu­mas des­sas van­ta­gens. Sai­ba+

DIFERENÇAS ENTRE TUBULAÇÕES DE UPVCCPVC

As tubu­la­ções em PVCCPVC para uso indus­tri­al pos­su­em carac­te­rís­ti­cas mui­to simi­la­res, sen­do a resis­tên­cia à tem­pe­ra­tu­ra a prin­ci­pal dife­ren­ça entre elas. Tubu­la­ções em CPVC podem resis­tir até 90°C depen­den­do do flui­do, enquan­to tubu­la­ções em PVC podem rece­ber deter­mi­na­dos flui­dos com tem­pe­ra­tu­ra de até 60°C.
Outras carac­te­rís­ti­cas comuns das tubu­la­ções em PVCCPVC indus­tri­ais são a lon­ga vida útil, a fácil
ins­ta­la­ção e o manu­seio, a resis­tên­cia à cor­ro­são e o bom cus­to-bene­fí­cio. Sai­ba +

PROCEDIMENTO COMPLETO DE COLAGEM EM TUBOS DE PVC E C-PVC

As tubu­la­ções em PVC e C-PVC, além de terem exce­len­te carac­te­rís­ti­cas quí­mi­cas, são extre­ma­men­te fáceis de serem ins­ta­la­das se com­pa­ra­das a tubu­la­ções de outros mate­ri­ais, como PEAD (poli­e­ti­le­no) e PP (poli­pro­pi­le­no). Aces­se o pro­ce­di­men­to de cola­gem COMPLETO por aqui. Saiba +

PROCEDIMENTO RESUMIDO DE COLAGEM EM TUBOS DE PVC E C-PVC

As tubu­la­ções em PVC e C-PVC, além de terem exce­len­te carac­te­rís­ti­cas quí­mi­cas, são extre­ma­men­te fáceis de serem ins­ta­la­das se com­pa­ra­das a tubu­la­ções de outros mate­ri­ais, como PEAD (poli­e­ti­le­no) e PP (poli­pro­pi­le­no). Aces­se o pro­ce­di­men­to de cola­gem RESUMIDO por aqui. Saiba +